avarias

Avarias em equipamentos de fitness Deixe um comentário

Avarias em equipamentos de fitness

Neste artigo pretendemos abordar as principais avarias em equipamentos de fitness, bem como as suas causas e possíveis soluções.

Passadeiras

As passadeiras embora sejam equipamentos resistentes, são de longe o equipamento com maior incidência de avarias, pois as suas principais avarias partem de diversos componentes. É importante perceber que uma passadeira é um equipamento com desgaste e que como tal exige manutenção e diversos cuidados na sua utilização. Para mais informações acerca da manutenção e alguns cuidados pode consultar os seguintes artigos: Manutenção da sua passadeiraAumentar a durabilidade da sua passadeira.

Os componentes com maior incidência de avarias são:

Tapete

O tapete é o componente que está directamente em contacto com o utilizador, logo é de todos os componentes aquele que maior desgaste apresenta. É claro que poderá aumentar o tempo de vida do tapete se utilizar calçado adequado para o exercício, se o limpar e lubrificar regularmente e se o afinar caso seja necessário.

É importante verificar com regularidade se o tapete apresenta fissuras, e que a parte que está em contacto com a tábua continua lisa e macia. Se notar que o tapete começa a deformar ou deixou de estar liso então é preferível substitui-lo, pois pode ficar perigoso continuar a utilizá-lo, bem como é exigido muito mais esforço ao motor, podendo este aquecer demasiado e queimar.

Se necessitar de trocar o tapete da sua passadeira aconselhamos a ler o seguinte artigo: Como medir o tapete da passadeira de corrida.

Tábua

As tábuas normalmente partem ou deformam-se devido a um elevado esforço, ou mau acondicionamento da passadeira.

A questão do elevado esforço é fácil de entender, pois se o utilizador tiver um peso superior ao máximo recomendado, a tábua irá partir rapidamente.

Quanto ao mau acondicionamento, algumas passadeiras usam materiais que não resistem muito bem à humidade, e como tal manter a passadeira em locais húmidos é garantir que em pouco tempo a tábua se deformará e possivelmente partirá.

Se necessitar de trocar a tábua da sua passadeira aconselhamos a ler o seguinte artigo: Como tirar as medidas da tábua da sua passadeira.

Placa electrónica

As placas electrónicas normalmente não avariam “sozinhas". Na maioria das vezes as placas avariam como consequência de outra causa, ou seja algo externo à placa a faz queimar. Exemplos disso são as sobrecargas eléctricas na rede de energia; o excesso de carga na passadeira que provoca uma sobrecarga no motor e consequentemente nas placas electrónicas; outra causa comum é a acumulação de resíduos no interior da passadeira que poderão realizar algum curto circuito nas placas.

Motor

Os motores das passadeiras são incrivelmente “fortes" para o seu tamanho e composição. Embora sejam “fortes" não são à prova de tudo, e infelizmente avariam com muita frequência. As principais causas de avaria dos motores são:

  • Falta de manutenção;
  • Excesso de peso do utilizador;
  • Regime de trabalho inadequado (tempo e velocidade).

Exemplo prático: Uma passadeira comprada à 5 anos foi utilizada algumas vezes e depois foi arrumada na arrecadação. Hoje a família resolveu que era a altura ideal para fazer exercício na passadeira. Após uma limpeza superficial para tirar o pó, decidem começar a utilizar o equipamento. Às 08:00 da manhã o marido com 100 Kg, faz uma caminhada a 6 Km/h durante 1 hora. Às 09:00 da manhã a esposa com 60 Kg decide fazer uma corrida a 12Km/h durante 30 minutos. Às 09:30 um dos filhos com 80 Kg corre durante 45 minutos a 8 Km/h…

Resultado: Muito provavelmente a passadeira não resiste a esse dia, pois terá o motor queimado e provavelmente a placa electrónica também.

O que poderia ter sido feito para evitar a avaria?

Em primeiro lugar a passadeira deveria ter sido alvo de uma manutenção cuidada, pois estava parada à anos, e como tal o tapete estava seco e ressequido, existindo uma enorme fricção entre o tapete e a tábua – logo uma limpeza e uma lubrificação “intensa" era o necessário para começar.

De seguida deveriam ter realizado um plano de treinos, para que não realizassem os treinos seguidos, pois assim o motor e a placa electrónica não tiveram tempo de arrefecer de um treino para o outro.

Outra ajuda importante seria consultar o manual da passadeira para relembrarem qual o tempo / velocidade aconselhado de utilização diária para o equipamento, bem como o peso máximo do utilizador.

Certamente se tivessem tido estes factores em consideração a passadeira teria durado bastante mais tempo.

Exemplo (continuação): Como a passadeira avariou, mas ficaram a gostar daquele dia de treinos, resolvem reparar a passadeira. Chamam um amigo que verifica que o motor está queimado e que necessitam de um motor novo. Compram o novo motor, o amigo instala-o e a passadeira volta a funcionar. Alegremente no dia seguinte começam o treino pelas 08:00, mas por volta das 10:00 sentem um cheiro a queimado, contudo acham normal, pois o motor é novo e estará a libertar algum cheiro nos primeiros dias. Dois dias depois neste regime a passadeira pára e novamente é verificado que o motor está danificado. Ora como o motor tem apenas uns dias de utilização, resolvem devolver o motor danificado, alegando defeito de fabrico. O fornecedor do motor após análise verifica que o motor foi sobreaquecido, e como tal essa é uma situação de má utilização, a qual não está abrangida pela garantia. É gerada alguma confusão, mas resolvem comprar um novo motor.

Como podem ter utilizado mal o motor?

Os motores de passadeiras com ímanes permanentes podem ter dois tipos de avarias principais independentemente da causa:

  • A bobinagem ou colector estarem queimados;
  • Os ímanes perderem a força;

A bobinagem ou colector estarem queimados, é o mais comum e o mais fácil de avaliar. Qualquer técnico que saiba medir continuidade com um ohmímetro verificará essa avaria. É causada normalmente por excesso de força no arranque e/ou esforço continuado.

Os ímanes perderem a força, embora comum em algumas marcas não é fácil de avaliar e é muito difícil explicar como é que o problema está no motor se este anda bem e sem qualquer falha. Este fenómeno ocorre devido ao aumento da temperatura interna no motor, a qual provoca a desmagnetização dos ímanes permanentes. Para mais informação acerca deste assunto pode consultar este artigo: Temperatura de Curie. A causa deste sobreaquecimento costuma ser um esforço continuado por parte do motor.

Final: Enquanto não resolverem o problema da passadeira, todos os motores que lá coloquem irão queimar. De notar que provavelmente a placa electrónica também ficou danificada devido ao motor estar queimado.

Elípticas

As elípticas registam as principais avarias, na quebra das correias e no desgaste natural das peças móveis. Qualquer uma das situações é de fácil resolução, contudo exige alguma perícia, pois desmontar uma elíptica é tarefa que pode não ser nada fácil. A troca dos componentes de desgaste deve ser efectuada por outros equivalentes e com as mesmas características.

Bicicletas de Cycling

Os pedais são o elemento que sofre maior desgaste e sobre os quais é importante ter especial atenção, pois quando partem podem ser perigosos. É importante verificar periodicamente se estes não apresentam fissuras ou desgaste evidente. Se isso acontecer é sempre melhor trocar por um novo par de pedais.

Dependendo se é uma bicicleta com transmissão por corrente ou por correia, as peças com desgaste poderão ser a corrente ou a correia. A sua troca é simples e poderá ser realizada facilmente.

Outros componentes que sofrem desgaste são os travões. A sua troca é fácil e deverão substituídos por outros do mesmo tipo.

Máquinas de Musculação

As máquinas de musculação podem durar anos sem qualquer tipo de avaria, contudo quando o primeiro cabo parte ou fica sem revestimento, é altura de pensar em trocar todos os cabos da máquina. Isto porque todos eles tem o mesmo tempo e carga de trabalho e o que cedeu foi apenas o elo mais fraco. A partir desse momento todos os outros começarão a apresentar problemas.

É aconselhável verificar com regularidade o PVC dos cabos para garantir que todos eles continuam sem dano. Outra verificação útil é analisar o estado das polias para perceber se estas apresentam desgaste ao nível interno e externo. Ao nível interno é perceber se os rolamentos continuam bem “redondos", ao nível externo é verificar se não existem quebras ou lascas no exterior das polias. Se for detectada alguma anomalia é aconselhável trocar por outros cabos e polias com as mesmas características. Se colocar um cabo de aço novo numa polia que esteja danificada, em pouco tempo o PVC do cabo irá separar-se do aço, pois as irregularidades existentes na polia irão desgastar prematuramente o PVC. Por vezes acontece que o PVC dos cabos se separa não só na zona das polias, como noutras zonas que não estão sequer em contacto com as polias, isto acontece porque ao perder a consistência do PVC na zona das polias, o cabo começa a perder a torção original, forçando o PVC a separar-se noutras zonas do cabo.

Ao substituir os cabos é importante garantir que o cabo não está torcido, pois basta não distorcer bem o cabo antes de o colocar na máquina, que quando o cabo ficar em tensão, o excesso de cabo existente em algumas zonas devido ao torcimento, irá rebentar o PVC nessas zonas, este é um problema que pode acontecer em qualquer parte do cabo.

Outra questão a ter em consideração é  a utilização adequada das máquinas. Por vezes a nossa assistência técnica depara-se com situações realmente “estranhas". Alguns utilizadores das máquinas realizam exercícios que não são adequados para as máquinas, obrigando por vezes os cabos a traçar ângulos para os quais as máquinas não estão preparadas, provocando assim a ruptura dos cabos de aço, devido a má utilização. Quando tiver dúvidas acerca de um exercício deverá consultar o manual ou o construtor no sentido de perceber se é possível ou não.

Para mais informações aconselhamos a ler o seguinte artigo: Vantagens de colocar nos seus equipamentos cabo de aço revestido – pvc

Na Main Pulse encontra equipamentos de qualidade a preços competitivos.
O apoio incansável de uma equipa com muitos Kms de experiência, disponível para o aconselhar na escolha do equipamento mais adequado, com dicas úteis para que possa tirar o melhor rendimento do mesmo.

Vendemos, aconselhamos e prestamos assistência técnica aos equipamentos que comercializamos.

Para obter mais informações acerca de “Avarias em equipamentos de fitness" contacte-nos e siga-nos nas redes sociais:

Deixe uma resposta