Treino em suspensão – Pilates, Yoga, TRX

Mantenha o seu corpo em grande forma!  Conheça um pouco destas modalidades.

Treino em suspensão – Pilates

Esta modalidade é idêntica ao Yoga em suspensão. Nesta caso são praticados os exercícios clássicos do Pilates e ainda outros movimentos. Tal como no Pilates tradicional é muito importante a respiração, pausada e profunda, a contracção abdominal e também o alinhamento correto da coluna. O Pilates foi criado no final do século XX pelo alemão Joseph Pilates e tem como objectivos principais a melhoria da postura e o equilíbrio, da respiração e o fortalecimento de todos os grupos musculares. Existem várias modalidades do Pilates, mas esta é  a modalidade mais recente. Desenvolvida para incrementar o método tradicional  com acrobacias. Vale a pena experimentar!

Os exercícios são realizados num tecido suspenso chamados de Hammock ou Columpio (que significa balanço). Traz benefícios para o corpo e para a mente. A gravidade e a instabilidade são usadas para desafiar os praticantes ao equilíbrio. Qualquer pessoa pode praticar esta modalidade desde que goste de ambientes aéreos. Por melhorar o equilíbrio é excelente para os mais velhos e é extremamente lúdica para os mais novos. É também muito interessante para quem tem problemas de coluna, pois quando se realizam os exercícios na posição invertida, estes provocam descompressões na coluna aliviando as dores. Tem ainda uma influencia positiva nos quadros de insónia, circulação sanguínea e linfática.

Conheça os benefícios desta modalidade

  • Diminuição do stress
  • Melhoria do equilíbrio
  • Coordenação motora
  • Aumento da capacidade de concentração
  • Alivio de dores
  • Descompressão da coluna vertebral e outras articulações
  • Ganho de força
  • Desenvolvimento de flexibilidade
  • Definição da musculatura
  • Melhoria da postura e consciência corporal
  • Aumento da resistência física
suspensao_1

Treino em suspensão – Yoga

Esta modalidade é uma mistura de Yoga tradicional, Pilates e movimentos de dança, e é praticada num tecido de suspensão adequado para o efeito. Neste tecido podemos realizar posições típicas do Yoga para libertar a tensão muscular, alongar o corpo, trabalhar a força e a flexibilidade e o equilíbrio. Quando estamos em suspensão os músculos do nosso corpo ficam activos, especialmente os músculos do abdómen porque ficam com a tarefa de nos equilibrar no tecido.

Conheça os benefícios desta modalidade

  • Protecção das articulações: É uma actividade de baixo impacto, que não afecta as articulações, pelo facto de estarmos suspensos.
  • Consciência corporal: A correcção da nossa postura torna-se essencial para esta prática. Passamos a conhecer cada parte do nosso corpo e a forma como se comporta e se move em cada posição (asana).
  • Costas mais relaxadas / descompressão das vértebras: Os movimentos (asanas) de inversão são mais fáceis de executar com a utilização dos tecidos. Essas posturas ajudam a descomprimir as vértebras e a relaxar os músculos das costas e de toda a coluna.
  • Coordenação: Esta prática permite-nos a coordenação intermuscular. Para realizar os diferentes movimentos é necessário a concentração e coordenação e os tecidos têm aqui um grande papel importante.
  • Trabalho com o nosso peso corporal: Quando trabalharmos suspensos no ar, treinamos apenas com o peso do nosso próprio corpo.
suspensao_2

Treino em suspensão – TRX

Esta modalidade também é conhecida como fita suspensa. Permite um treino rápido e eficaz tornando-se semelhante ao Yoga ou ao Pilates. Assim como as outras duas modalidades apresentadas, o TRX também utiliza o peso do próprio corpo recorrendo a um acessório –  um par de fitas reguláveis que ficam presas ao tecto ou na parede, onde se encaixam as mãos ou os pés. Este Sistema, também conhecido como Exercícios de Resistência Total, refere-se a uma forma especifica de treino de suspensão que utiliza equipamentos desenvolvidos pelo ex-US Navy SEAL Randy Hetrick. Usa o peso corporal para desenvolver força, equilíbrio, flexibilidade e estabilidade central simultaneamente. Permite o treino de desempenho aproveitando a gravidade e o peso corporal do utilizador para completar os exercícios.

Conheça os benefícios desta modalidade

  • Tem um alto gasto calórico: É possível queimar, em média, até 850 calorias. Em apenas meia hora, por exemplo, podes perder entre 300 a 700 calorias.  Além de perderes massa gorda neste exercício aeróbico completo, ainda consegues sentir-te mais ágil, flexível e tonificado.
  • É um treino curto: É possível ter um treino bastante completo em apenas 30 minutos. Para quem não tem muito tempo para praticar exercício, o TRX pode ser a opção ideal.
  • É barato: Quando comparado com outros equipamentos, os elásticos de TRX são relativamente baratos.  Se pensares que não precisas de estar num ginásio para praticares este treino, ainda mais barato fica a prática do TRX.
  • Pode ser praticado em qualquer lado: O equipamento de TRX é bastante pequeno, cabendo, por isso, facilmente numa bolsa ou numa mochila.
  • Bons resultados rapidamente: Oferece bons resultados rapidamente e com pouco esforço. Como o treino é completo e muito intenso, basta ser realizado 3 vezes por semana, por exemplo, para os resultados Ao nível da flexibilidade serem visíveis – após um mês.
  • Postura e a coordenação: O TRX é uma óptima opção para os problemas de postura e / ou melhoria da coordenação. Melhora o equilíbrio muscular, estático e dinâmico,e fortalece simultaneamente a coluna vertebral.
  • Desenvolve a capacidade física: Trabalha a força, a resistência, a flexibilidade, a capacidade cardiorrespiratória e os músculos. Quem pratica este tipo de exercício sente-se mais saudável e mais forte.
  • Peso do corpo: Utiliza apenas o peso do corpo para a realização dos treinos. Este sistema evita que a utilização de mais peso do que aquilo que realmente se é capaz, diminuindo o risco de lesões.

Importante: É necessário perceber onde se pode prender as tiras de nylon. O tecto, uma porta fechada ou uma árvore são excelentes opções. É fundamental a máxima atenção e que ficam assegurados 3 aspectos:

  • O ponto de ancoragem suporta o teu peso
  • O espaço livre de pelo menos 1,80m de altura e 2,40m de largura
  • Que o chão não escorrega.
suspensao_3

Para mais informações relativas a Treino em suspensão contacte-nos.

Acompanhe as novidades nas nossas redes sociais.